Sindicato dos Sapateiros acompanha situação das empresas

Diante da situação inesperada causada pelo surto da pandemia do coronavírus (covid-19), o Sindicato dos Sapateiros de Parobé reuniu nesta semana, empresários do setor calçadista e empresas de contabilidade com clientes do setor.

Na ocasião, o sindicato entregou um documento redigido pelo advogado da entidade, com orientações de que os trabalhadores não devem ser prejudicados perante a esta situação. O texto também aponta estratégias para contribuir no combate à proliferação do Covid-19.

Conforme o presidente, João Pires, o sindicato vai auxiliar o setor calçadista na prevenção da saúde e segurança dos trabalhadores e na sustentabilidade das empresas. “Estamos muito preocupados, mas estamos deixando claro que os trabalhadores não podem ser dispensados sem receber”, destaca.

Após a reunião, diversas empresas já anunciaram as medidas que serão tomadas. Da mesma forma, a entidade aguarda o posicionamento das demais empresas, e estará fiscalizando de que forma as atividades serão afetadas neste momento. Além disso, nenhuma decisão será acatada sem que o sindicato se reúna também com os trabalhadores da indústria de calçados. 

“Nossa prioridade é manter os direitos garantidos aos trabalhadores. Nos reunimos, esclarecemos vários pontos e percebemos que alguns empresários têm sido bem razoáveis nesta situação inusitada”, comenta o vice-presidente, Gaspar Nehering.

Durante este período, a entidade segue atendendo os trabalhadores na sede administrativa, restringindo apenas a aglomeração de pessoas e intensificando os trabalhos de higienização em todas as áreas do prédio.

“O sindicato não pode fechar as portas sem que esta situação esteja resolvida. Posteriormente estamos estudando medidas no atendimento para conter o fluxo de pessoas que chegam aqui”, informa Pires. Também participou da reunião o secretário de desenvolvimento econômico, Eder Pinheiro, e a equipe de vigilância sanitária da Secretaria de Saúde do município.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *