Uma História de luta, trabalho e conquistas em prol dos trabalhadores calçadistas.

 

Uma História de luta, trabalho e conquistas em prol dos trabalhadores calçadistas.

Nas décadas de 1940 e 1950 surgiram as primeiras fábricas de calçados na região que viria a ser Parobé, que na época pertencia ao município de Taquara. Em meados de 1970 iniciam-se as exportações e as pequenas fábricas se tornam empresas de médio e grande porte, em virtude desse crescimento e visibilidade.

Foi a partir daí que Parobé careceu de pessoas aptas para trabalhar no setor, fazendo com que houvesse uma grande demanda de mão de obra. A população cresceu rapidamente e a arrecadação de impostos também, tornando possível e necessária a emancipação do município, no ano de 1982.

Neste entremeio, havia muitos trabalhadores das empresas calçadistas que desejavam uma entidade que defendesse seus direitos e acolhessem suas necessidades básicas de cidadão em Parobé, pois até então estavam vinculados ao Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Taquara.

Surge então uma liderança, que pensava em amparar esses trabalhadores na luta pelos seus direitos: Almerindo Nunes. Esse cidadão, inspirado pelo seu irmão Olívio Nunes, presidente do Sindicato dos Sapateiros de Campo Bom, incitou a formação de uma entidade própria em Parobé.

Almerindo buscava apresentar sua ideia aos próprios colegas de trabalho, em suas residências ou lugares públicos. Em seguida sua ideia ganhou força, e em 27 de julho de 1982 foi publicado o edital de convocação da assembleia geral na qual seria decidida a criação ou não da entidade. O resultado foi positivo e em 15 de janeiro de 1985 foi oficializada a criação da entidade através da assinatura da carta sindical, criando o então SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS CALÇADISTAS DE PAROBÉ.

A solenidade ocorreu 04 de janeiro de 1985, oficializando sua criação. Em 17 de maio de 1985 era empossada a primeira diretoria, sendo: Almerindo Nunes – Presidente; Dailor Alfredo Hartz – Secretário; Jair José Martins – Tesoureiro; Antenor Hartz – Suplente; Adeli dos Santos – Suplente; Serafim da Silva; Claudemir dos Santos e Roque Oliveira – Conselho Fiscal; Almerindo Nunes e Jair José Martins – Delegados junto a Federação; Dailor Hartz e Vilson Adam – Suplentes.

A entidade abriu suas portas na esquina da Rua Rio Grande do Sul com a Rua Odorico Mosmann, onde atualmente se situa a loja Lafayete. A posse ocorreu em 03 de junho de 1985. Nesse período, o Sindicato contava com 2600 associados que já recebiam atendimento médico, odontológico e jurídico.

Esse era apenas o começo de um sonho, pois se almejava uma sede própria. Sendo assim, foram comprados dois terrenos na Rua Rio Grande do Sul, local onde foi construída uma edificação de dois andares, inaugurada no ano de 1989. Posteriormente, o Sindicato construiu o Centro de Desenvolvimento Profissional, localizado ao lado de sua sede, e até os dias atuais o Sindicato permanece no mesmo local.

Na história do Sindicato cada conquista foi permeada por muitos desafios, muito trabalho, esforço e dedicação, sempre em prol dos trabalhadores. Atualmente o Sindicato dispõe de muitos serviços aos seus associados, como atendimentos médicos, odontológicos, convênios, eventos para as mães, para as crianças e para os associados. Distribuição de kits de material escolar, atendimento jurídico nas causas trabalhistas, cíveis e previdenciárias, salão de festas para os associados, cursos profissionalizantes em diversas áreas, entre outros.

A entidade busca a excelência no exercício de suas funções, priorizando o que é de interesse dos trabalhadores, visando sempre atendê-los em suas necessidades.

 

 

 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *