Cenário de demissões é apresentado ao Legislativo de Parobé

Após o recolhimento de dados aproximados, o Sindicato dos Sapateiros esteve na tarde de ontem (06) na Câmara de Vereadores de Parobé para apresentar os números referentes ao fechamento dos postos de trabalho no setor calçadista.

Segundo os dados preliminares que a entidade obteve junto as empresas do município, desde o início da crise da covid-19, mais de mil trabalhadores já perderam seus postos de trabalho. Os dados são aproximados, visto que não incluem os contratos temporários encerrados e também quem trabalha em regime de MEI.

“Nós estamos falando de um cenário caótico, onde acompanhamos diariamente o fechamento de pequenas empresas e as grandes buscando formas de continuar a produção. Um número muito significativo de pessoas já precisa de auxílio”, enfatizou o presidente João Pires.

Conforme o sindicato, além de mostrar números, o objetivo apresentou a realidade em que se encontram os trabalhadores do município, uma vez que sem empregos é necessário um olhar atento do poder público para auxiliar estas pessoas. “Estamos falando de um número oficial aproximado, mas que certamente chega a duas mil pessoas desempregadas. Isto vai acarretar a necessidade de ações comunitárias para atender a demanda de necessitados”, comentou Pires.

O Sindicato dos Sapateiros também cobrou uma atuação séria do Legislativo e também da Prefeitura Municipal, para que orientem os empresários quanto as medidas provisórias do Governo Federal, evitando o fechamento de outros postos de trabalho.

A entidade segue atendendo a todos os trabalhadores, orientando juridicamente e também recolhendo alimentos na campanha “Trabalhadores Pelo Bem”, que vai doar cestas básicas aos trabalhadores que necessitarem.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *