Brasil fecha 104 mil vagas de trabalho formais no pior fevereiro em 25 anos

O corte de vagas de trabalho com carteira assinada continuou forte em fevereiro deste ano. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês passado as demissões superaram as contratações em 104.582 empregos. Este foi o pior resultado para o mês de fevereiro desde o início da série histórica, em 1992, ou seja, em 25 anos. Até então, o maior número de demissões havia sido registrado em 1999 (78.030 vagas fechadas). Também foi o décimo primeiro mês seguido de fechamento de vagas com carteira assinada. O último mês com contratações acima das demissões foi em março do ano passado – quando foram criados 19,2 mil postos de trabalho.

A região Nordeste foi a que teve mais trabalhadores demitidos no mês passado, quando 58.349 pessoas perderam o emprego. A região Sudeste, por sua vez, registrou a demissão de 51.871 trabalhadores, enquanto a região Norte contabilizou o fechamento de 7.834 vagas formais. Já a região Sul abriu 8.813 empregos com carteira assinada no mês passado e, a região Centro-Oeste, apresentou um saldo de 4.659 vagas formais abertas. O  governo informou ainda que, entre os estados, apenas seis deles tiveram contratações em fevereiro. Entre eles, estão o Rio Grande do Sul (+6.070 postos, devido a Indústria da Borracha, Fumo e Couros e da Indústria de Calçados).

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *